Paizinho Indica:

Dobble 1, 2, 3

Galápagos Jogos

+ 3 anos

10 minutos

1 a 5 JOGADORES

Competitivo

+ 3 anos

10 minutos

1 a 5 jogadores

Competitivo

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter

Gostou?

Compre o jogo de uma loja parceira! É rápido, seguro e você ainda apoia o meu trabalho!

As pessoas sempre me perguntam por indicações de jogos para crianças pequenas e, bem, Dobble 1, 2, 3 é a indicação perfeita!

Na verdade, Dobble é um clássico que tem várias versões diferentes, mas o Dobble 1, 2, 3 é especial por ser o único da série que pode ser jogada com crianças de 3 anos. O jogo é tão simples, rápido e divertido que você vai perder as horas jogando com o seu pequeno.

A premissa do jogo é que todas as cartas do baralho têm um símbolo igual entre si. Apenas um. E uma vez que as cartas são reveladas, as pessoas têm que descobrir qual é o símbolo em comum.

Super fácil, né? Bom, pra mim não é! E devo dizer que o Gael tem uma facilidade absurda de achar os símbolos com rapidez! Então, sim, raramente ganho nesse jogo e normalmente o vencedor é o Gael.

Esse jogo possui algumas formas diferentes de jogar, mas a que eu jogo com os meninos e a que, para mim, é a mais simples de explicar e jogar, é a seguinte: a cada rodada, o “juiz” revela duas cartas e os jogadores precisam identificar rapidamente qual é o símbolo que se repete nas duas cartas. Assim que a primeira pessoa encontra, ela deve apontar para os símbolos. Se a criança já consegue identificar e nomear bem os números, eu costumo dizer que precisa apontar e falar o nome do símbolo.

Para jogos entre duas pessoas, uma delas precisará fazer também o papel de juiz, mas nada de espiar a carta antes do seu adversário, hein? Ainda mais se o seu adversário for seu filho!

E como eu disse no começo do post, ainda existem outras variações do Dobble, mas estes são recomendados para crianças a partir de 6 anos — muito embora o Gael consiga jogar e vencer tranquilamente todas essas versões, mesmo tendo 4 anos. Os links são para compra na loja parceira (você me ajuda usando esses links!).

Comentários

Thiago Queiroz

Thiago Queiroz

Sou Thiago, marido e pai. Também sou outras coisas, mas praticante mesmo, só marido e pai. Meus filhos, Dante, Gael e Maya, nasceram em casa e, desde o nascimento do Dante, mergulhamos no ativismo pelo parto e pela criação com apego. Hoje, sou líder do grupo de apoio para criação com apego: API Rio, e também educador parental certificado para disciplina positiva.
>

Baixe agora o app do Paizinho, Vírgula!

É grátis! Tenha acesso a todos os meus conteúdos na sua mão e outros conteúdos exclusivos que só sairão no app

X