fbpx

Paizinho Indica:

Bonfire

Vem Pra Mesa Jogos

+ 12 anos (editora)

+ 12 anos (minha opinião)

70 minutos

1-4 JOGADORES

Competitivo

+ 12 anos

70 minutos

1-4 jogadores

Competitivo

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter

Gostou?

Compre o jogo de uma loja parceira! É rápido, seguro e você ainda apoia o meu trabalho!

Meus amigos e minhas amigas, que jogo. Que jogo!

Bonfire é um dos raros jogos que a história faz todo sentido. Ok, você ganha a partida fazendo mais pontos, mas isso é consequência direta de seguir a jornada da história por trás do jogo.

Em Bonfire, as luzes das fogueiras se apagaram e os gnomos precisam fazer grandes jornadas para provar seu valor e trazer as guardiãs de fogo de volta à cidade. Parece maluco, mas jogando você realmente sente que está fazendo essa “quest”.

O jogo é lindo, desde o design, até os componentes e os pequenos detalhes da iconografia do jogo. É surreal como tudo faz sentido.

É um jogo mais pesado, claro, não dá pra jogar com os pequenos, mas se tornou rapidamente um dos meus preferidos de jogar com a Anne.

Em resumo, uma obra de arte do Stefan Feld!

Obrigado @vempramesajogos por trazer esse jogo incrível pro Brasil e por nos mandar de presente! Já jogamos algumas partidas por aqui e fato que esse jogo ainda vai ver muuuuita mesa por aqui.

Quer uma dica de jogo bom pra jogar quando as crias dormem? Vai de Bonfire que é certeza de diversão.

Ah, só tem uma questão: o jogo tem MUITOS componentes, então o jogo fica ainda mais gostoso com um insert pra ajudar a organizar tudo na caixa. A gente encomendou com o nosso amigo @arquinsert que projetou esse insert maravilhoso em papel pluma (ou foamboard)! Recomendo demais!

Veja esses jogos também!

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Thiago Queiroz

Thiago Queiroz

Pai de quatro, escritor, educador parental, criador do site e canal no YouTube Paizinho Vírgula!, host dos podcasts Tricô de Pais e Vai Passar, autor dos livros "Abrace seu Filho" e "A Armadura de Bertô", e participou do documentário internacional "Dads".

QUER MAIS CONTEÚDO?

assine agora e receba o melhor sobre relacionamentos e infância, de graça!