fbpx

Como incentivar a autonomia das crianças?

"O que podemos fazer hoje para incentivar que os nossos filhos desenvolvam as habilidades fundamentais na vida adulta?"

Crianças aprendem a tomar boas decisões, tomando decisões. Não Seguindo instruções.”
Alfie Kohn

Eu sempre falo da importância de fazer perguntas e convidar as crianças a refletirem sobre as situações, tentar formular alternativas e buscar soluções para os problemas. Isso é muito importante para que ela se sinta ouvida e pertencente, mas também para que aos poucos, treine a sua confiança e capacidade de tomada de decisão, que será tão importante na vida adulta.

Nós nos preocupamos muito com o comportamento dos nossos filhos hoje, e esquecemos que a infância é o momento de testar, aprender e errar. É nessa fase que eles estão construindo a imagem que têm de si mesmos e que é importante que eles se sintam seguros para se arriscar, para aprender.

Afinal, como vamos ensinar a analisar e fazer escolhas, se o tempo todo estamos decidindo por eles?

E não precisamos de grandes situações para ajudá-los nisso:

* Faça mais perguntas que dê respostas.

*Quando eles apresentarem alguma dúvida, pergunte e incentive a refletir para que ele mesmo sugira soluções.

*Estimule a argumentação e peça a sua opinião sobre o passeio em família ou o sabor da pizza, por exemplo.

Fala-se muito em deixar as crianças se frustrarem, mas também é importante que elas se sintam capazes e seguras para acertar, errar ou tentar de novo se for preciso.

Thiago Queiroz

Thiago Queiroz

Pai de quatro, escritor, educador parental, criador do site e canal no YouTube Paizinho Vírgula!, host dos podcasts Tricô de Pais e Vai Passar, autor dos livros "Abrace seu Filho" e "A Armadura de Bertô", e participou do documentário internacional "Dads".

Newsletter

Não perca o melhor do Paizinho no seu email. De graça

Veja esses conteúdos também!

Quem realmente importa?

A forma como as pessoas reagem à birra dos nossos filhos, tem muito mais a ver com a história e infância delas, do que sobre o comportamento das crianças.

Leia mais »

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

QUER MAIS CONTEÚDO?

assine agora e receba o melhor sobre relacionamentos e infância, de graça!