fbpx

Paizinho Indica:

Marvel Spider-Web

Bucaneiros Jogos

+ 14 anos (editora)

+ 8 anos (minha opinião)

30 minutos

2-6 JOGADORES

Competitivo

+ 14 anos

30 minutos

2-6 jogadores

Competitivo

Gostou?

Compre o jogo de uma loja parceira! É rápido, seguro e você ainda apoia o meu trabalho!

A gente tem curtido muito jogos de cartas que sejam rápidos e fáceis de ensinar, então Marvel Spider-Web tem visto bastante mesa por aqui.

Junte isso com o apelo de jogar com o Homem Aranha e pronto, os meninos pedem toda hora pra jogar!

Eu achei que seria difícil pra eles, mas é exatamente ao contrário: eles pegaram super rápido, porque cada um tem 16 cartas em seu baralho, onde os baralhos são idênticos para todos os jogadores, com cartas numeradas de 1 a 16 que têm apenas o Homem Aranha e a Gata Negra como heróis, o resto é tudo vilão.

Em cada rodada, você baixa uma carta para a batalha, e aquela que tiver o menor número, ganha. O Homem Aranha tem o número 1, por exemplo, o que faz dele uma carta poderosíssima, né?

Sim e não, porque há também habilidades instantâneas e/ou condições de vitória que precisam ser atendidas, para aquela carta ser a vencedora da batalha. Por exemplo, o Homem Aranha só ganha a batalha se não tiver nenhum vilão em Nova York (que é uma área da mesa de jogo), então torna-se beeem difícil fazer o aracnídeo ganhar algum combate.

Como são poucas as cartas, as crianças entenderam rapidinho qual que era a interação entre cada uma delas, por isso que eu acho que crianças de 8 anos, que já sabem ler, conseguem pegar e jogar bem de boas.

Um jogo gostoso, rápido e uma ótima porta de entrada para o mundo dos jogos de mesa!

Veja esses jogos também!

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Thiago Queiroz

Thiago Queiroz

Pai de quatro, escritor, educador parental, criador do site e canal no YouTube Paizinho Vírgula!, host dos podcasts Tricô de Pais e Vai Passar, autor dos livros "Abrace seu Filho" e "A Armadura de Bertô", e participou do documentário internacional "Dads".

QUER MAIS CONTEÚDO?

assine agora e receba o melhor sobre relacionamentos e infância, de graça!