Provendo Cuidado Consistente e Amoroso – Criação com Apego

"A criação com apego tem como essência uma retomada à criação baseada por instinto, que já era praticada por nossos ancestrais. Esse estilo de criação visa estabelecer vínculos saudáveis entre os pais e seus filhos, que perduram pela vida inteira."
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter

(traduzido e adaptado por Thiago Queiroz, da versão inglesa, link original)


As páginas seguintes contêm uma versão condensada dos Oito Princípios. Se você possuir dúvidas sobre estes Princípios, ou sobre como aplicá-los na sua família, por favor, entre em contato com um Líder API próximo a você, ou poste suas dúvidas e comentários no fórum da API.

Compre o meu livro e ganhe uma dedicatória personalizada!

Os bebês e as crianças pequenas têm uma necessidade intensa da presença física de um cuidador amável, consistente e receptivo: idealmente um dos pais. O cuidado diário e as interações amorosas e divertidas constroem fortes laços. Cuidando com amor, de maneira consistente, desde o início da vida faz com que os pais fortaleçam o relacionamento com seus filhos, construindo um vínculo saudável. Se nenhum dos pais pode ser um cuidador em tempo integral, então o filho precisará de alguém que não seja apenas amoroso e consistente, mas alguém que tenha formado uma ligação com ele e que dê cuidado conscientemente, de maneira que o relacionamento seja fortalecido.

Crie Rotinas com o Bebê em Mente

  • Ao invés de tentar fazer com que o bebê se adeque a uma rotina que existia antes da sua chegada, crie maneiras criativas para desenvolver novas rotinas que envolvam o bebê
  • Considere levar o bebê dormindo para um encontro à noite, praticar exercícios como caminhadas com o bebê no sling, levar um cuidador de confiança junto para noites longas ou eventos especiais. Tente também trabalhar com o seu chefe para criar uma agenda que maximize o tempo dos dois pais com seus filhos

Dicas Práticas para Momentos Curtos de Separação

  • Use um cuidador de confiança que o seu filho tenha vínculo e que apoie Os Oito Princípios da Criação com Apego da API.
  • Respeite os sentimentos do seu filho e siga a sua direção sobre estar pronto para a separação, usando a criatividade para evitar experiências de ansiedade desnecessárias
  • Aceite que mesmo filhos mais velhos podem ter dificuldades com a separação, ocasionalmente
  • Evite usar a vergonha, medo, ameaça ou intimidação para forçar a separação, ou tentar prevenir que o seu filho chore
  • É extremamente importante que os pais que se separam dos seus filhos passem um tempo muito dedicado e intencional, para reconectar com seus filhos após a separação
  • Filhos diferentes estão prontos para a separação em idades diferentes, mas pesquisas mostram que separações por períodos superiores a duas noites seguidas podem ser muito difíceis para crianças com menos de três anos de idade
  • A permanência em creches por períodos superiores a vinte horas por semana podem ser extremamente estressantes e prejudiciais à saúde da criança em longo prazo, enquanto ela tiver menos do que trinta semanas de vida. É preferível que a criança esteja em casa, sob os cuidados de um dos pais ou um cuidador de confiança

O Trabalho e Cuidadores Alternativos

  • Explore a variedade de opções econômicas e de trabalho, para permitir que o seu filho seja cuidado por um ou os dois pais, o tempo todo
  • É extremamente importante ter continuidade no cuidado, com um cuidador amável e consistente
  • Os pais devem esperar e encorajar que seus filhos formem vínculos com seus cuidadores
  • Mudanças frequentes de cuidadores podem ser bastante danosas para o processo de vinculação
  • Faça a transição para um cuidador com uma certa antecedência, antes de qualquer separação efetiva, para que o processo seja gradual e confortável para seu filho
  • Mantenha ao mínimo possível as horas de cuidados por outros além dos pais, garantindo a melhor oportunidade de um filho construir vínculos seguros com seus pais
  • Segurar e aconchegar ajudam pais e bebês a se reconectarem após a separação. Inclua seu filho em atividades do dia-a-dia, e passe tempo livre com a família, garantindo que o trabalho fique de fora

Newsletter

Não perca o melhor do Paizinho no seu email.

Thiago Queiroz

Thiago Queiroz

Sou Thiago, marido e pai. Também sou outras coisas, mas praticante mesmo, só marido e pai. Meus filhos, Dante, Gael e Maya, nasceram em casa e, desde o nascimento do Dante, mergulhamos no ativismo pelo parto e pela criação com apego. Hoje, sou líder do grupo de apoio para criação com apego: API Rio, e também educador parental certificado para disciplina positiva.

Baixe agora o app do Paizinho, Vírgula!

É grátis! Tenha acesso a todos os meus conteúdos na sua mão e outros conteúdos exclusivos que só sairão no app

X