Paizinho Indica:

Quem Foi?

Paper Games

+ 6 anos (editora)

+ 4 anos (minha opinião)

15 minutos

3 a 6 JOGADORES

Competitivo

+ 6 anos

15 minutos

3 a 6 jogadores

Competitivo

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter

Gostou?

Compre o jogo de uma loja parceira! É rápido, seguro e você ainda apoia o meu trabalho!

Eu nunca imaginei que poderia jogar cartas com os meus filhos tão cedo, e como eu estava enganado!

Quem Foi? é um jogo muito divertido e, além disso, super simples de ensinar para os pequenos. Tanto que o Gael, com 4 anos, já jogava de igual para igual comigo.

A proposta do jogo é hilária: todos têm em suas mãos as cartas de seus bichinhos de estimação: peixe, gato e por aí vai. O “problema” ou melhor, gatilho do início do jogo, é um cocô que foi encontrado no meio da sala e a grande dúvida: que bichinho fez esse cocô? Claro que o cocô é figurativo, tá? Não se preocupe que não vai ter sujeira.

Piadas à parte, o jogo consiste em inocentar os seus bichinhos por terem feito o tal cocô, então funciona assim: o mais novo começa e joga uma carta de bichinho na mesa. Por exemplo, o Gael jogaria a carta do peixe e diria:

— Não foi o meu peixe que fez o cocô, mas eu acho que foi o hamster!

Então, os outros jogadores precisam correr para pegar suas cartas de hamster e jogar na mesa. Quem jogar primeiro, inocenta aquele animal. Digamos que o Dante jogou a carta do hamster, então ele diria:

— Não foi o meu hamster que fez o cocô, mas eu acho que foi o coelho!

E assim vai o jogo, até que algum jogador tenha conseguido inocentar todos os seus bichinhos, ou seja, se livrado de todas as cartas da sua mão.

Não teve uma vez que eu não joguei Quem Foi? com os meus filhos e não dei boas gargalhadas. E mais: é um jogo super rápido, que dá para jogar em qualquer folguinha de tempo que você tiver e você ainda pode levar para combater o tédio em restaurantes!

Comentários

Thiago Queiroz

Thiago Queiroz

Sou Thiago, marido e pai. Também sou outras coisas, mas praticante mesmo, só marido e pai. Meus filhos, Dante, Gael e Maya, nasceram em casa e, desde o nascimento do Dante, mergulhamos no ativismo pelo parto e pela criação com apego. Hoje, sou líder do grupo de apoio para criação com apego: API Rio, e também educador parental certificado para disciplina positiva.
>

Baixe agora o app do Paizinho, Vírgula!

É grátis! Tenha acesso a todos os meus conteúdos na sua mão e outros conteúdos exclusivos que só sairão no app

X