fbpx

Paizinho Indica:

Quem Foi?

PaperGames

+ 6 anos (editora)

+ 5 anos (minha opinião)

15 minutos

3-6 JOGADORES

Competitivo

+ 6 anos

15 minutos

3-6 jogadores

Competitivo

Gostou?

Compre o jogo de uma loja parceira! É rápido, seguro e você ainda apoia o meu trabalho!

Ahhh, mas jogos são caros, não dá não! Calma, calma, muita calma nessa hora, que eu vou trazer uma indicação de jogo que é sucesso entre crianças e adultos e que é baratinho: “Quem Foi?” é um jogo de cartas divertidíssimo e custa menos de 50 reais!

O jogo gira em torno de um cocô suspeito que aparece no meio da sala e cada jogador tem que “inocentar” seus animais de estimação num jogo de rapidez e memória.

Cada jogador recebe um conjunto de animais e o primeiro jogador deve colocar um animal na mesa dizendo algo como “não foi a minha tartaruga que fez cocô, acho que foi o hamster”.

Na sequência, quem tiver a carta de hamster na mão, precisa correr para lançar a carta na mesa e dizer “não foi o meu hamster!” e dizer o nome de outro animal, para continuar o jogo.

O objetivo é ficar sem carta nenhuma na mão, livrando a culpa de todos os seus pets, mas quanto mais o jogo avança, mais difícil fica porque se você falar o nome de um animal que ninguém mais tem na mão, você ganha uma “carta do cocô” e se você tiver 3 dessas cartas, você está fora do jogo!

“Ahhh, mas esse jogo parece bobo”. Pense duas vezes, porque o Dante já levou esse jogo para uma festa de aniversário de um amigo nosso, que só tinha adultos (pré-pandemia, hein gente?). E quando eu olho pro lado, vejo Dante, Gael e mais 3 marmanjos gargalhando e jogando juntos. Coisa mais linda!

Então fica aí a nossa dica de jogo ótimo e baratinho!

Veja esses jogos também!

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Thiago Queiroz

Thiago Queiroz

Pai de quatro, escritor, educador parental, criador do site e canal no YouTube Paizinho Vírgula!, host dos podcasts Tricô de Pais e Vai Passar, autor dos livros "Abrace seu Filho" e "A Armadura de Bertô", e participou do documentário internacional "Dads".

QUER MAIS CONTEÚDO?

assine agora e receba o melhor sobre relacionamentos e infância, de graça!