fbpx

Parto Domiciliar: Perguntas Frequentes – Parte Um

"Imagine as principais perguntas sobre parto domiciliar, respondidas por gente que sabe do assunto. Este é o Perguntas Frequentes de Parto Domiciliar!"
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter

Uma das primeiras coisas que eu desejei fazer no blog foi uma seção de Perguntas Frequentes. Mas eu queria que fosse algo bom, tanto de conteúdo como visualmente. Sabe aquele trabalho que você faz com gosto? Então, agora junte-se a pessoas que você admira e tem um carinho especial e pronto: você terá um resultado porreta. Foi mais ou menos assim que chegamos às Perguntas Frequentes sobre Parto Domiciliar.

Só que ficou uma coisa tão boa que precisei dividir em duas partes. Muitas perguntas sobre parto domiciliar precisam ser respondidas, e espero que este trabalho ajude muitas mulheres a ganhar a segurança que faltava para ter seu parto em casa, e que ajude muitas pessoas a desmistificarem o parto domiciliar.

Para isso se tornar realidade, precisei da ajuda de muitas pessoas e aqui vai um breve agradecimento:

  • Maíra Libertad e Lara Monnerat, por terem me ajudado a gerar um conteúdo tão rico de informação, além de me aturar durante todo o processo de produção
  • Natália Meireles, por gentilmente ceder uma foto de seu belo parto em casa, para tornar este trabalho ainda mais belo
  • Anne, por tudo

Bem, chega de falar e vamos ao que interessa! E se você quiser ver a segunda parte deste trabalho, clique aqui.

Parto Domiciliar: Perguntas Frequentes (Infográfico) Esta imagem pertence a www.paizinhovirgula.com

Thiago Queiroz

Thiago Queiroz

Pai de quatro, escritor, educador parental, criador do site e canal no YouTube Paizinho Vírgula!, host dos podcasts Tricô de Pais e Vai Passar, autor dos livros "Abrace seu Filho" e "A Armadura de Bertô", e participou do documentário internacional "Dads".

Newsletter

Não perca o melhor do Paizinho no seu email. De graça

Veja esses conteúdos também!

Comentários

24 comentários em “Parto Domiciliar: Perguntas Frequentes – Parte Um”

  1. Luanda Calábria

    Oi Thiago. Posso postar esses dois “panfletos” explicativos no site do meu grupo de assistência a PDs, de Uberlândia-MG (PeroLar Parteria)? Claro q com seus créditos, dando referência ao seu site..

  2. Adorei, esclareceu muitas coisas, eu tive minha 1° filha no hospital, más foi parto humanizado, meu marido participou efetivamente no nascimento da nossa filha, foi lindo imagina em casa, no conforto aonde temos liberdade de escolhas, deve ser maravilhoso *-*, com certeza o Arthur vai ser de parto em casa 😀

  3. Bom dia!
    Tento ler o conteúdo da postagem, mas não há nada após “Bem, chega de falar e vamos ao que interessa!”. Tento há dois dias, estou curiosa! Rsrsrs.
    Abraços.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

QUER MAIS CONTEÚDO?

assine agora e receba o melhor sobre relacionamentos e infância, de graça!