fbpx

Parto Domiciliar: Perguntas Frequentes – Parte Um

"Imagine as principais perguntas sobre parto domiciliar, respondidas por gente que sabe do assunto. Este é o Perguntas Frequentes de Parto Domiciliar!"
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter

Uma das primeiras coisas que eu desejei fazer no blog foi uma seção de Perguntas Frequentes. Mas eu queria que fosse algo bom, tanto de conteúdo como visualmente. Sabe aquele trabalho que você faz com gosto? Então, agora junte-se a pessoas que você admira e tem um carinho especial e pronto: você terá um resultado porreta. Foi mais ou menos assim que chegamos às Perguntas Frequentes sobre Parto Domiciliar.

Só que ficou uma coisa tão boa que precisei dividir em duas partes. Muitas perguntas sobre parto domiciliar precisam ser respondidas, e espero que este trabalho ajude muitas mulheres a ganhar a segurança que faltava para ter seu parto em casa, e que ajude muitas pessoas a desmistificarem o parto domiciliar.

Para isso se tornar realidade, precisei da ajuda de muitas pessoas e aqui vai um breve agradecimento:

  • Maíra Libertad e Lara Monnerat, por terem me ajudado a gerar um conteúdo tão rico de informação, além de me aturar durante todo o processo de produção
  • Natália Meireles, por gentilmente ceder uma foto de seu belo parto em casa, para tornar este trabalho ainda mais belo
  • Anne, por tudo

Bem, chega de falar e vamos ao que interessa! E se você quiser ver a segunda parte deste trabalho, clique aqui.

Parto Domiciliar: Perguntas Frequentes (Infográfico) Esta imagem pertence a www.paizinhovirgula.com

Thiago Queiroz

Thiago Queiroz

Pai de quatro, escritor, educador parental, criador do site e canal no YouTube Paizinho Vírgula!, host dos podcasts Tricô de Pais e Vai Passar, autor dos livros "Abrace seu Filho" e "A Armadura de Bertô", e participou do documentário internacional "Dads".

Newsletter

Não perca o melhor do Paizinho no seu email. De graça

Veja esses conteúdos também!

Criança não namora, nem de brincadeira! | Paizinho, Vírgula!

Depois de uma foto postada nas redes sociais com duas crianças de 3 anos se beijando na boca, precisamos lembrar que criança não namora, nem de brincadeira. No vídeo eu explico toda a problemática de estimular comportamentos adultos em crianças e como podemos conversar com elas sobre esse tema. Vem conferir! Minha Filha Só Quer

Leia mais »

O que é Paternidade? | Paizinho, Vírgula!

O nascimento dos filhos muda o nosso olhar para o mundo e nos transborda de medos, inseguranças mas também um amor profundo. E o dia dos pais é sempre um momento para refletir sobre a relação que estamos construindo com nossos filhos e sobre a nossa própria maneira de exercer a paternidade. Essa é uma

Leia mais »

Comentários

24 comentários em “Parto Domiciliar: Perguntas Frequentes – Parte Um”

  1. Meu nome é Luciane, tenho 2 ( desne)cesáreas anteriores e Diabetes gestacional controlado e sem repercussões no bebê, última cesárea foi há 2 anos e 6 meses, vocês acham sou candidata a parto domiciliar? Tenho 39 anos e estou com quase 36 semanas de gestação, sempre vejo ao falar em parto domicilar o termo baixo risco, até mesmo no contrato com a EO. Fico em dúvida se me encaixo nesse grupo baixo risco…

    1. Oi, Luciane. É difícil falar se você é uma gestante de baixo risco assim, mas o que eu posso te garantir é que cesáreas prévias não são contra-indicações para o parto domiciliar.

      Sugiro que você entre em contato com alguma EO que atenda PD para uma consulta, acho que seria o melhor a fazer. Você conhece o grupo “Cesárea? Não, Obrigada”? Lá você com certeza terá ajuda 🙂

  2. Já me respondeu mta coisa que eu queria! Tive uma cesárea depois de 30h em trabalho de parto; eu esperaria mais se não estivesse no hospital e se meu médico não fosse viajar no dia seguinte, o que me deixou insegura para continuar esperando meu filho vir naturalmente. Eu quero um PN!!

  3. Eu já não tinha duvidas antes de abrir link,mas como quero ter meu bebe em casa sempre clico em tudo que é site (que confio) quando o assunto é parto domiciliar! Está muito bom, muito bem explicado e dou super parabéns á sua página e á força que estão dando ás mulheres que desejam parir na liberdade dos seus lares!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

QUER MAIS CONTEÚDO?

assine agora e receba o melhor sobre relacionamentos e infância, de graça!